Publicado na Revista Isto É Dinheiro

A tecnologia futurística da indústria automobilística está cada vez mais presente na vida dos motoristas. Eles já driblam o engarrafamento caótico das metrópoles com a ajuda de aplicativos de trânsito e geolocalização e, antes do que você pensa, estarão passeando em veículos autônomos. Os carros de amanhã conversarão com os computadores e sistemas de controle de tráfego e decidirão por onde e como irão ao destino programado, enquanto o passageiro – ou ex motorista – assiste a um filme ou joga um videogame. Nos Estados Unidos, isso já é realidade.

[...] O avanço do carro autônomo pode ser mais rápido do que o esperado. “Não há mais motivos para termos motoristas, a não ser por esporte”, diz Valter Pieracciani, sócio da consultoria de inovação Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, que presta serviços para marcas como Alfa Romeo e Fiat. “A tecnologia vai chegar mais depressa a nós do que imaginamos.”

Um estudo da consultoria Gartner prevê que, em 2020, haverá 250 milhões de carros conectados em circulação. “Os automóveis já são quase semi-autônomos”, afirma Marcio Alfonso, diretor de engenharia da Ford para a America do Sul. O Ford Fusion, disponível no Brasil, dispõe de monitores e câmeras que informam se o veículo estiver saindo de sua faixa, se há uma aproximação rápida de outro motorista, alertam sobre a existência de um eventual ponto cego do espelho, retrovisor e ajudam a estacionar.

Pieracciani na Mídia

A Pieracciani está há mais de 25 anos no mercado oferecendo soluções cuidadosamente desenhadas para cada cliente. Fique por dentro das principais atividades do nosso time e conheça mais sobre o nosso trabalho.

Blade Runner, 2019 chegou!
Blade Runner, 2019 chegou!

Acontecimentos tecnológicos, um atrás do outro, têm me feito gelar o sangue

Saiba mais >
Máquinas aprendem, CEOs também
Máquinas aprendem, CEOs também

Tornou-se arriscado e difícil administrar empresas nos dias de hoje. Gerar resultados crescentes ao longo do tempo não é mais[...]

Saiba mais >
COMITÊ DE GESTÃO DE INOVAÇÃO DISCUTE DESAFIOS E BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DA ABNT 16.501

Em reunião realizada em maio, representantes do Comitê conheceram a experiência do Eldorado com a norma e debateram as razões[...]

Saiba mais >
COMITÊ DE GESTÃO DE INOVAÇÃO DISCUTE DESAFIOS E BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DA ABNT 16.501
SEM INCENTIVO FISCAL, FATURAMENTO DE EMPRESAS PODE SER COMPROMETIDO

Em levantamento realizado pela nossa consultoria, podemos constatar que cerca de 8% do faturamento das companhias são derivados da

Saiba mais >
SEM INCENTIVO FISCAL, FATURAMENTO DE EMPRESAS PODE SER COMPROMETIDO

Faça parte desta tribo.

Ao deixar sua informação, receba o boletim Pieracciani.